Armas de Guerra mais bizarras de todos os tempos

Desde os primórdios da humanidade, nós temos nos especializado em uma coisa: criar e lutar em guerras. Para você ter ideia de como a indústria das armas de guerra funciona, em 2014, foram gastos 1,8 trilhões de dólares em despesas militares. Como comparativo, segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), para erradicar a fome no mundo seria preciso gastar “apenas” 266 bilhões de dólares ao ano até 2030. Parece que a maioria dos países tem prioridades diferentes, não é mesmo?

Confira também

Bom, para se chegar as armas de guerras atuais foram criadas diversas armas bizarras e que hoje seriam consideras cruéis ou mesmo geringonças sem sentido. E são dessas armas bizarras que falharam totalmente em seu proposito que vamos falar na matéria de hoje. Confira:




5 piores armas de guerra de todos os tempos

No vídeo do canal O Curioso você vai conhecer a história dos camelos em chamas de Tamerlão, os cachorros explosivos antitanques da União Soviética, os morcegos explosivos do Projeto X-Ray dos Estados Unidos da Américas, galinhas que chocavam minas terrestres e a estupida bomba “afrodisíaca” que iria fazer os soldados parar de lutar para fazer sexo.

Arma Volley Vandenburgh

Armas de Guerra mais bizarras de todos os tempos

A Volley Vandenburgh foi criada durante Guerra de Secessão, nos EUA, e foi uma das armas mais ineficazes de todos os tempos. A ideia básica era boa: essa arma deveria disparar tiros em várias direções apertando o gatilho apenas uma vez. Seu projeto era tão ruim que, apesar de ter sido desenhada por um general do lado da União, foi vendida para a Confederação. Não preciso nem dizer que sua atuação no campo de batalha foi uma tragédia, não é?

Avião Triebflügel

Armas de Guerra mais bizarras de todos os tempos

A ideia do Triebflügel não era ruim, mas faltou apenas um detalhe para ele ser realmente uma arma útil: era impossível aterrissar com ele. Esse avião foi criado pela Alemanha para interceptar os bombardeiros aliados que estavam destruído seus aeródromos e impedindo a decolagem dos aviões alemães.
A ideia desses aviões superpotentes não era ruim, mas como sua potência não é regulável, quando o piloto fosse aterrissar ele iria tocar o solo como um míssil. Aposto que faltaram voluntários para testar essa brilhante ideia.

Torpedo Mark 14

Armas de Guerra mais bizarras de todos os tempos

Essa aqui entrou na lista mais por ser o nome de uma das armaduras do homem de ferro do que por ser incrível, mas vamos lá. O Mark 14 era um torpedo que não funcionava: sete em cada dez desses torpedos apresentava algum problema. O pior dessa história é que os criadores dessa estupida máquina de guerra se recusaram a reconhecer que ela tinha algum problema.

Essa arma era tão ruim que chegou a afundar o próprio submarino que o havia lançado. A única forma de torná-lo uma arma útil era fixa-los no campo por submarinistas, o que era algo muito difícil de se fazer naquela época.

E aí, o que você achou das piores armas de guerra de todos os tempos? Você conhece mais alguma arma que deveria estar nessa lista? Então não esqueça de deixar seu comentário!

http://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/03/armas-guerra-bizarras.jpghttp://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/03/armas-guerra-bizarras-150x150.jpgLeonardo Pereira CruzCuriosidades
Desde os primórdios da humanidade, nós temos nos especializado em uma coisa: criar e lutar em guerras. Para você ter ideia de como a indústria das armas de guerra funciona, em 2014, foram gastos 1,8 trilhões de dólares em despesas militares. Como comparativo, segundo dados da Organização das Nações...