Obra prima de Tarantino, Cães de Aluguel completa 25 anos
 



Há 25 anos o mundo conhecia Quentin Tarantino. 
Isso é muito mais do que podemos dizer sobre qualquer um dos mais icônicos diretores de cinema: Não é comum estrear exercitando todo o seu estilo, sem seguir tendências da época usando elementos que não são seus. 
 
Aficionado por cinema, Quentin trabalhava numa locadora quando decidiu escrever seus primeiros roteiros. Já havia trabalhado em dois outros projetos, mas para o seu primeiro filme como diretor resolveu colocar tudo de si. Escolhera o estilo Heist (Roubo em inglês) não só para Cães de Aluguel, mas para toda a sua carreira. 
 
Em Reservoir Dogs não vemos o roubo em si; apenas tudo o que aconteceu antes e deu errado depois. Essa era a introdução do equilíbrio entre violência e humor que são a assinatura do diretor. 
 

O estilo de Tarantino em estado puro 

Cena de dança icônica? Simpatia pelos vilões? Takes ousados? Diálogos mundanos e interessantíssimos? Trilha sonora marcante? Crime dando errado?História não linear?
Estavam todos lá! 
 
Por toda sua carreira, Tarantino diluiu seu estilo com seus gostos pessoais: Literatura pulp em Pulp Fiction, clássicos japoneses em Kill Bill, westerns em Django e Hateful Eight, filmes b e blaxploitation em Deathproof, guerra em Inglorious Basterds
 
Os fatores que nunca se alteram estão todos em Cães de Aluguel. Apesar de ter conseguido notoriedade com maiores orçamentos e rostos conhecidos apenas no projeto seguinte, o jeito Tarantino de construir personagens cativantes está em Mr. Orange, Mr. White, Mr. Pink e Mr. Blonde, principalmente. A vantagem é que essa é a única vez que você verá um filme do diretor com menos de duas horas de duração e com uma trilha sonora que faça sentido historicamente (o que divide muitos espectadores, como aconteceu com o rap usado em Django).
 
Foi logo neste, seu primeiro, que o novato conseguiu sintetizar seu estilo e iniciar um movimento de narrativa não-linear no cinema, recurso tão utilizado (e às vezes mal empregado) no cinema atual. As obras de Quentin são divididas por capítulos assim como um livro, e sua ordem é decidida de acordo com o ritmo que ele deseja para o longa, não para deixar o espectador confuso e se passar por complexo. 
 

Quer saber mais sobre o filme e a genialidade de Quentin Tarantino? Ouça nosso podcast, o IFSN! Lá você também vai ouvir sobre curiosidades da gravação, comentários sobre as cenas mais icônicas e te contamos porque Cães de Aluguel é melhor que Pulp Fiction.

http://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/06/reservoir-dogs1-1024x537.jpghttp://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/06/reservoir-dogs1-1024x537-150x150.jpgThays KristyeFilmes e SeriadosCães de Aluguel,Quentin Tarantino
  Há 25 anos o mundo conhecia Quentin Tarantino.  Isso é muito mais do que podemos dizer sobre qualquer um dos mais icônicos diretores de cinema: Não é comum estrear exercitando todo o seu estilo, sem seguir tendências da época usando elementos que não são seus.    Aficionado por cinema, Quentin trabalhava numa...