Macaco Bong redefine o imutável em Deixa Quieto




Uma banda que mantém viva a aura de intocável no cenário nacional é a Macaco Bong, desde os tempos que os conheci em “Artista Igual Pedreiro”, quando inclusive gravamos uma entrevista em nosso antigo podcast, a criatividade e capacidade de improviso seguem numa crescente.

Desde o final do ano passado, a banda voltou fortemente à ativa e apresentou trampos inéditos e recentemente, após consolidar a mudança de formação, lançou “Deixa Quieto”. Um álbum-tributo com canções recriadas a partir do clássico Nevermind do Nirvana.

Macaco Bong – Deixa Quieto

Deixa Quieto é o tipo de obra que evidencia a singularidade e talento da Macaco Bong. Criar algo do zero depende de inspiração e trabalho árduo, e evidentemente, talento para transpor conceitos e realizar feitos concretos. Mas a coragem de desmontar um clássico e rearranjar cada acorde de maneira que estes mantenham o conteúdo em uma forma completamente diferente, demanda uma inteligência sensorial e uma organização acima da média.

A desconstrução inclusive dos títulos das músicas foi uma alternativa inteligentíssima para a banda impor sua marca em um disco clássico que estava fechado. E com o trabalho musical e visual, a Macaco Bong conseguiu redefinir algo que parecia imutável.

A experimentação sem amarras que a banda utilizou como base para tudo que criou, conseguindo ser uma manifestação política sem a necessidade de dizer palavra alguma em suas músicas, permitiu a realização desse último trabalho. Indo além da música, fica a lição de que se reinventar e modificar o senso comum é necessário e urge em tempos de tantas incertezas.

Musicalmente é um trabalho irretocável e quem tiver a oportunidade, por favor acompanhe o show de lançamento no SESC Pompéia na próxima sexta-feira.

Ficha Técnica

Macaco Bong redefine o imutável em Deixa Quieto

Deixa Quieto foi o título abrasileirado que o Macaco Bong deu ao mais recente lançamento, um álbum-tributo a Nevermind, segundo disco de estúdio do Nirvana. Nesta incursão, gravada no Pico do Macaco – estúdio do Macaco Bong em São Paulo – e recém-lançada pela Sinewave, o repertório original de 12 faixas foi recriado com o sabor do centro-oeste nacional.

Produzido, Gravado, Mixado e Masterizado por Bruno Kayapy
Foto da capa por Chris Sparshott

Tracklist:

1 – Smiles Nike Tim Sprite
2 – Móviaje
3 – Nublum
4 – Briza
5 – Loló
6 – Com Easy ou Uber
7 – Lírio
8 – Drive-in You
9 – Salão
10 – Território Piercing
11 – Longe de Tudo
12 – Somente Whey

Serviço:

Macaco Bong apresenta Deixa Quieto
Sexta-feira, 13 de outubro
Sesc Pompeia, Comedoria | Rua Clélia, 93 – São Paulo
Show às 21h
Ingressos: R$6 (comerciário), R$10 (meia-entrada), R$20 (inteira)
Venda online a partir de 3/10, no portal do Sesc: aqui
Página do evento no Facebook: aqui

http://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/10/macaco-bong.jpghttp://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/10/macaco-bong-150x150.jpgIkie ArjonaMusica
Uma banda que mantém viva a aura de intocável no cenário nacional é a Macaco Bong, desde os tempos que os conheci em 'Artista Igual Pedreiro', quando inclusive gravamos uma entrevista em nosso antigo podcast, a criatividade e capacidade de improviso seguem numa crescente. Desde o final do ano passado,...