Melhores Livros da Jojo Moyes para ler em 2017




Iniciando mais uma etapa da nossa série sobre os melhores livros para ler, chegou o momento de falar de uma autora muito popular: Jojo Moyes!

Da Inglaterra saem as melhores proezas da arte. Essa com toda certeza é uma afirmação que pouquíssimas pessoas irão discordar, seja pelo grande número de obras que comprovam ou pelo amor pela cultura local. Da literatura ao teatro; De Shakespeare a Oscar Wilde, Inglaterra foi e ainda prevalece um grande palco de pérolas artisticas.

Jojo Moyes atualmente é quem pisa com firmeza nesse palco. A inglesa domina listas de best-sellers mais vendidos e ganha prêmios de melhores romances do ano com a mesma facilidade que Adele canta seus hits. Com uma escrita tocante e de abordagem romântica dramática, Moyes, viu seu nome ascender na literatura com o seu aclamado Como eu era antes de você, uma das nossas indicações da lista livros da Jojo Moyes para você ler em 2017.

Como eu era antes de você


O livro conta a história de Lou, uma mulher de 26 anos que se vê obrigada a aceitar um emprego como cuidadora após ser demitida. Só que Lou não esperava cuidar de tetraplégico carrancudo e sem vontade alguma de viver. A relação profissional que de começo mostra-se quase inaceitável, com o tempo vira umas das histórias mais incríveis da literatura moderna. É um retrato de como uma pessoa, momento e memória nos molda para sempre.

A garota que você deixou para trás


O livro poderia se chamar A garota no quadro e ir direto à onda do momento, que mescla a sentença A garota com qualquer coisa que aconteça na história, porém ele foge do clichê a começar por seu titulo. O livro conta a historia de um quadro que faz parte da vida de duas melhores de épocas diferentes, mas com algo em comum: Ambas foram deixadas para trás.

A ultima carta de Amor


Trata-se de um livro de Jojo Moyes diferente, e isso é ótimo. O livro tem uma pegada investigativa que soa de certa forma piegas para a literatura inglesa, mas não é um pecado, já que ele não força para o que não é.No final ele demonstra ser só mais um ótimo drama romântico, que conta a historia sobre amores proibidos, traições,

Nada mais a perder


Jojo Moyes tem o faro aguçado para entender as emoções e dores humanas e colocá-las expressas em folhas de papel. Se em alguns romances os personagens sofrem por coisas superficiais, aqui Jojo vai a fundo e coloca feridas sérias em jogo, causadas por separações, falta de esperança e tudo que atinge o ser humano de maneira visceral.

O Navio das noivas


O livro se passa logo após o final da Segunda Guerra Mundial, e mostra a trajetória de mulheres em busca do amor e recomeço. A história acontece em um porta aviões que além de levar as mulheres para Austrália para se encontrar com seus maridos, também carrega historias, amizades, armas e sonhos.

Se você procura romances que fogem do habitual, Jojo Moyes, com toda certeza é a melhor pedida. A autora sabe alternar entre o clichê e o novo, criando uma atmosfera inédita nesse tipo de história. O trunfo é sua inteligência em estruturar a história de acordo com o que for preciso, sem soar iniciante. Seus livros viajam de época em época com facilidade, mostram de dores a felicidades com um sentimento não ficcional, mas intrínseco do humano, quase como se ela contasse histórias reais, narradas por personagens reais.

Se você, assim como eu, é apaixonado por escritores que parecem ter vivido a história, não somente escrito, conte para a gente comentários. Além disso, se tiver alguma dica de livro da Jojo, também não hesite em nos deixar saber!

http://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/04/jojo-moyes-melhores-livros.jpghttp://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/04/jojo-moyes-melhores-livros-150x150.jpgLeonardo Pereira CruzLivros e Quadrinhos
Iniciando mais uma etapa da nossa série sobre os melhores livros para ler, chegou o momento de falar de uma autora muito popular: Jojo Moyes!Da Inglaterra saem as melhores proezas da arte. Essa com toda certeza é uma afirmação que pouquíssimas pessoas irão discordar, seja pelo grande número...