Qual a diferença da cerveja artesanal para a cerveja comum?




Muitas pessoas ainda ficam na dúvida sobre tomar ou não tomar cerveja artesanal. Muitas consideram o preço alto ou acham que elas não são boas para o seu paladar, mas você sabe qual a diferença da cerveja comum para a artesanal?

Antes de qualquer coisa, quero deixar claro que sou apenas uma pessoa que está aprendendo a gostar de cerveja. Dito isso, as nossas cervejas comum como Skol ou Brahma podem ser enquadradas no tipo American Lager e acabam presando mais por um processo de produção rápido, de baixo custo e em larga escala. Ou seja, são um tipo de cerveja leve e barata para agradar o máximo de paladares possível, mas sem focar no paladar. Gosto de chamar esse tipo de cerveja de “cerveja para chapar”.

Por outro lado, a cerveja artesanal é produzida em pequena escala e a maioria dos produtores toma todos os cuidados no processo de produção para obter uma cerveja capaz de oferecer uma boa experiência para o consumidor. Segundo a Brewers Association, para uma cervejaria ser considerada como artesanal, ela precisa ser pequena, independente e tradicional. Ou seja, precisa respeitar todo processo de produção da cerveja, para entregar um produto de maior qualidade.

Digamos que a principal diferença entre as duas é que as decisões sobre a produção da cerveja artesanal ficam por conta dos cervejeiros, enquanto que nas comuns são do departamento de marketing.

Confira também

As cervejas artesanais são mais caras?

Qual a diferença da cerveja artesanal para a cerveja comum?

A resposta é: sim. Se você quer entender o motivo disso, recomendo a leitura dessa matéria do mestre cervejeiros. Mas vamos lá, precisamos entender qual a necessidade do consumidor antes de escrever essa afirmação a ferro e fogo. Quando saio, geralmente tenho dois tipos de objetivo:

Tomar cerveja com os amigos até acabar com o estoque do bar

Nesse caso, a cerveja artesanal pode fazer um estrago no seu bolso, mas nem tanto. Uma cerveja Heineken em qualquer bar no Tatuapé ou Vila Madalena custa em torno de R$ 12,00 e tem 600 ml. Gosto de tomar cerveja no Empório Borrussia, na região da Moóca, e pago em média R$ 15,00 por um chopp pilsen de 568 ml. Será que estou tão em desvantagem assim?

Agora quando é para beber como se não houvesse amanhã, quero mesmo é Itaipava litrão a R$ 7,50 lá do Atolados bar.

Ter uma noite agradável tomando uma cerveja para relaxar

Nesse caso, a comparação é até injusta. A cerveja nacional é de qualidade baixa e mesmo as marcas consideradas premium como a própria Heineken nem se comparam a uma cerveja artesanal. Sentar no bar pedir uma cerveja diferente e conhecer sua história, a forma como foi feita, sentir o sabor e aroma é uma experiência incrível.

No fim, a única regra para tomar cerveja é não criar regras. Uma das coisas que me incomodam nesse mundo são os “degustadores” que tentam enfiar goela abaixo a necessidade de tomar cerveja artesanal para ter uma boa experiência com a bebida. Por favor, a melhor cerveja é aquela que agrada o meu paladar, seja ela uma Krill ou uma Hoegaarden.

E vocês, o que acham da diferença entre a cerveja comum e artesanal?

http://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/12/cervejas-artesanais.jpghttp://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/12/cervejas-artesanais-150x150.jpgLeonardo Pereira CruzCuriosidades
Muitas pessoas ainda ficam na dúvida sobre tomar ou não tomar cerveja artesanal. Muitas consideram o preço alto ou acham que elas não são boas para o seu paladar, mas você sabe qual a diferença da cerveja comum para a artesanal? Antes de qualquer coisa, quero deixar claro que sou...