Quer saber tudo sobre Pantera Negra, o filme estrelado por Chadwick Boseman? Então você chegou ao local certo. Confira a sinopse, curiosidades, o trailer legendado e muito mais sobre o filme que mudou o conceito sobre filme de super-heróis.

Apesar da referência óbvia, a história em quadrinhos precede o Partido dos Panteras Negras nos Estados Unidos da América. Vamos saber o contexto e como foi o desenvolvimento do personagem até chegar ao fenômeno que conquistou os cinemas em 2018.

Pantera Negra nas HQ’s

Pantera Negra é o uniforme cerimonial da nação africana de Wakanda.
Filho do rei T’Chaka, T’Challa quando era pequeno tomou uma poção feita com uma erva mágica em forma de coração, que, de acordo com uma antiga tradição, deve ser ingerida por todos os futuros reis de Wakanda em um ritual secreto. A poção desperta os poderes do “Espírito da Pantera”: força e agilidade sobre-humanas e sentidos super-aguçados.

Antes de obter os poderes, T’Challa foi enviado pelos anciões de Wakanda para estudar todas as artes marciais e de guerra das tribos secretas da África e estudou nos melhores colégios (e universidades) da Europa e dos Estados Unidos, onde se formou como físico. Esta formação, por sinal, permitiu que ele no futuro criasse seu uniforme feito de Vibranium, um metal que absorve som e impacto e que é a principal fonte de renda de Wakanda, o “país mais rico e desenvolvido tecnologicamente de toda África do Norte”.

T’Challa só assumiu seus poderes, porém, após a morte do pai, assassinado por um criminoso caçador de marfim que queria tomar os depósitos secretos de Vibranium de Wakanda (que, posteriormente, se tornou o Garra Sônica). Com muito esforço ele conseguiu destruir os planos do criminoso e expulsá-lo do reino. Para se tornar o Pantera e assumir o trono, ele teve que derrotar os seis mais poderosos lutadores do país num combate corpo a corpo.

O Pantera Negra é o primeiro herói negro da Marvel e foi criado em 1966, no auge das lutas do movimento negro e apenas alguns meses antes da criação do Partido dos Panteras Negras. O BPP era uma organização de esquerda que pregava a luta direta pelo direito dos negros nos Estados Unidos. O Pantera Negra era uma representação dos jovens negros nesse universo de homens brancos que lutavam com cuecas por cima das calças.

Pantera Negra no Cinema

Pantera Negra


Logo no início do filme, somos apresentados a Wakanda, o reino tecnológico onde vive T’Challa (Chadwick Boseman) o personagem central da história. Uma mistura de rituais tribais africanos com alta tecnologia (o que produz uma experiência marcante para quem puder assistir o filme em 3D em tela IMAX), o reino possui cinco tribos que se uniram para conviver em paz sobre o governo do rei Pantera Negra, a representação terrestre do Deus Pantera. Por tradição, o rei ingere as ervas coração que lhe concedem o pacote completo de super-herói: força, agilidade e resistência sobre humanos.

No filme, enquanto T’Challa pende mais para um lado de união e aproximação a linha de Martin Luther King, o vilão Erik Killmonger segue mais o que pregava o Partido dos Panteras Negras. E aqui temos que nos render a Michael B. Jordan, pois desde Loki no 1º Thor não temos um vilão tão bom nos filmes da Marvel. Depois do fracasso gigantesco de Quarteto Fantástico, o ator merecia a redenção que alcançou nesse filme. Um vilão movido pelo raiva de tudo que ele e a população negra de modo geral sofre ao redor do mundo. Se Wakanda tem tecnologia para cuidar de todos, porque só cuida dos seus? O que torna a população do país tão melhor do que a do resto do mundo? Essas são questões que em algumas partes do filme fazem o espectador torcer pelo vilão.

Outro grande acerto do filme foi o papel das mulheres nele e na sociedade de Wakanda. Aqui elas são lutadoras, cientistas, líderes políticas e, o mais importante, fundamentais para o desenvolvimento da história. Algo bem diferente da maioria das personagens femininas da Marvel, não é? Destaque especial para os papéis das atrizes Lupita Nyong’o (Nakia), Danai Gurira (Okoye), Letitia Wright (Shuri) e Angela Bassett (Ramonda).

Curiosidades

  • Time de Elite – A criação do Pantera Negra é de responsabilidade da dupla Stan Lee/Jack Kirb que apresentou o personagem na revista Quarteto Fantástico #52, em 1966.
  • Inspiração? – Apesar do nome, o personagem não tem ligação com o Black Panther Party que surgiu dois anos depois da aparição de Pantera Negra.
  • T’Challa ou Tony Stark? – T’Challa é PhD em física, poliglota e conhecedor de todas as artes marciais e de guerra das tribos secretas da África.
  • Isso que é segurança – A proteção da realeza de Wakanda é feita pelas Dora Milaje, uma força de combate exclusivamente formada por mulheres que são recrutadas pela força política de Wakanda.
  • Lute como uma garota – Inclusive, para interpretar a rainha Ramonda, Angela Bassett passou por intensos treinamentos personalizados ao lado de Corey Calliet.
  • Que casal! – Nos quadrinhos, T’Challa é casado com Ororo Monroe, nada menos que a Tempestade de X-Men.
  • Outro rosto – Um nomes cogitados para interpretar T’Challa no cinema foi Wesley Snipes, que entre outros filmes, protagonizou Blade.
  • Intenso – Michael B. Jordan se doou tanto para interpretar Killmonger que precisou de terapia após o término das filmagens, pois nunca tinha vivido alguém tão sombrio e solitário.

E aí, o que acha de Pantera Negra? Conte aí nos comentários!

https://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/02/pantera-negra-sentado-no-trono.jpghttps://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/02/pantera-negra-sentado-no-trono.jpgIkie ArjonaFilmes e SeriadosTrailers Legendados
Quer saber tudo sobre Pantera Negra, o filme estrelado por Chadwick Boseman? Então você chegou ao local certo. Confira a sinopse, curiosidades, o trailer legendado e muito mais sobre o filme que mudou o conceito sobre filme de super-heróis. Apesar da referência óbvia, a história em quadrinhos precede o Partido...