Tesouros da Netflix – Os Parecidos (2015)

Estamos em outubro de 1968. Em uma noite de chuva intensa, alguns estranhos se encontram presos numa rodoviária em algum lugar do México. Um marido que corre para acompanhar sua esposa no parto,uma senhora com um filho doente, uma gestante que foge de um marido abusivo, um estudante, uma misteriosa velhinha e dois funcionários do local.

A tempestade impede qualquer ônibus de chegar até ali. Impede também qualquer tentativa de comunicação com quem
está em outro lugar.

O único canal que liga essa estação ao que acontece lá fora é o velho rádio, que traz notícias nada animadoras sobre os efeitos da forte tormenta. Efeitos esses que estão longe de serem naturais. Não que isso seja importante agora, afinal, tem coisa pouco natural acontecendo dentro da estação também.


Os Parecidos (2015)

Os Parecidos é um daqueles filmes que facilmente encaixariam como um episódio de Além da Imaginação. Nem tanto pela premissa, já que pessoas confinadas enquanto algo sinistro acontece não é bem um fato novo, mas pela condução de sua história. Temos aqui um filme cheio de estranheza, nos personagens, nos acontecimentos e na sua atmosfera, principalmente.

Uma atmosfera criada com pouca luz e ainda menos cores, afinal, estamos em 1968 não apenas na data, mas na estética. Sim, Os Parecidos emula sua época, é uma homenagem clara aos filmes de terror e ficção cientifica B dos anos 60, com um pouquinho de Hitchcock aqui e outro de George Romero acolá. Temos a narração, trilha sonora, enquadramentos e até as atuações canastronas características da época, mas de um jeito que não soa como paródia.

Ainda que não seja o foco, há também um forte comentário político na obra, pois o filme se passa em uma das noites mais tenebrosas da história do México, quando o presidente mexicano ordenou um massacre contra estudantes que aproveitavam a iminência das olimpíadas no país – e a consequente atenção do mundo – para protestar contra o governo. Centenas de pessoas foram mortas naquilo que ficou conhecido com Massacre de Tlatelolco.

Os Parecidos é um filme pequeno que funciona muito bem como um suspense imaginativo, como uma homenagem aos filmes de gênero e como introdução e comentário histórico. É um tesouro que merece ser descoberto lá no Netflix.

https://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/03/the-similars.jpghttps://www.deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/03/the-similars-150x150.jpgVinicius SalazarFilmes e SeriadosNetflix
Estamos em outubro de 1968. Em uma noite de chuva intensa, alguns estranhos se encontram presos numa rodoviária em algum lugar do México. Um marido que corre para acompanhar sua esposa no parto,uma senhora com um filho doente, uma gestante que foge de um marido abusivo, um estudante, uma...